Pular para o conteúdo
Voltar

Seaf capacita técnicos multiplicadores da cafeicultura

Henrique Pimenta / Assessoria Seaf-MT | Cuiabá-MT

A | A

A Secretaria de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf-MT) em parceria com a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e os consórcios intermunicipais Vale do Juruena e Teles Pires, realizarão nesta semana o curso técnico “Pró-Café Mato Grosso – Produção, Pós Colheita e Licenciamento Ambiental Municipal”. A capacitação acontecerá no Centro de Eventos Dardanelos em Aripuanã (1.291km de Cuiabá). 

O objetivo do evento é capacitar técnicos multiplicadores e divulgar tecnologias para a produção e pós-colheita visando o fomento, desenvolvimento da cafeicultura e o aumento da produtividade no noroeste mato-grossense, região onde há a vocação para a produção do café. 

O secretário de Agricultura Familiar, Suelme Fernandes, comenta que o curso foi idealizado após a “Rota do café”, onde a comitiva da Seaf percorreu cinco municípios do noroeste matogrossense com boas experiências em café conilon, arábica e clonal. “Com o apoio da Empaer e Embrapa, iremos potencializar a disseminação do “café clonal” pelos municípios onde há a vocação no Estado, pois a produtividade em comparação ao convencional é até quatro vezes maior”. 

Os temas abordados pelos técnicos e pesquisadores da Embrapa durante os dois dias de capacitação serão: Irrigação e drenagem, fitopatologia, colheita e pós-colheita, produção de mudas, manejo, licenciamento ambiental municipal e ao fim do curso haverá uma aula prática de campo. 

Nesta primeira capacitação, o público alvo do curso são técnicos agrícolas multiplicadores dos municípios Colniza, Cotriguaçu, Juruena, Juina, Rondolândia, Aripuanã, Nova Bandeirantes, Alta Floresta, Nova Monte Verde. 

Para mais informações e inscrições, entrar em contato com Luciran Pinheiro (Consórcio Vale do Juruena) 66 9963-7155, Luiz Zansc (Consórcio Alto do Teles Pires) 66-8438-5551, ou com a Secretaria de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (65) 9952-9384. 


Download