Pular para o conteúdo
Voltar

Governo entrega 311 bancas padronizadas e equipamentos para 23 municípios

Renata Prata | Gcom-MT

GCOM
A | A

Toda semana Neide Fernandes Silva sai de Alto Paraguai e viaja até Várzea Grande para vender na Central de Comercialização José Carlos Guimarães os alimentos que produz em seu sítio. Faz 12 anos que a feirante percorre esse mesmo trajeto e nem a distancia de aproximadamente 150 km tira o sorriso no rosto da senhora, de 60 anos. A feirante está entre as centenas de produtores rurais de Cuiabá, Várzea Grande e Chapada dos Guimarães que receberam bancas do governo do Estado. Também foram entregues tratores, implementos e veículos em um investimento de mais de R$ 2 milhões.

Antes de sair para Várzea Grande, na madrugada de sexta-feira, dona Neide recolhe os alimentos cultivados por produtores de 11 assentamentos e traz os produtos para vender junto com os seus. Na segunda-feira ela volta para a rotina de pequena agricultora em Alto Paraguai. “No assentamento somos como uma família. Quando venho trago a mandioca de um, a farinha de outro, a banha de um outro assentamento, a rapadura de um vizinho. Tudo para vender junto com frutas, como a laranja e limão, que vem do meu sitio. Então não está ajudando só eu, mas muita gente de minha região. É muito bom o governo se interessar pela agricultura familiar”.

Essa foi a maior entrega de bancas já realizada pelo governo de Mato Grosso. A solenidade coordenada pela Secretaria de Agricultura Familiar (Seaf), foi nesta sexta-feira (09.02) na Central de Comercialização de  Várzea Grande. Além das 311 bancas padronizadas também foram entregues  sete picapes e 16 patrulhas mecanizadas para apoiar as secretarias municipais de agricultura, associações e cooperativas de 23 municípios.

O Governador Pedro Taques agradeceu aos produtores rurais, presidentes de cooperativas, secretários de agricultura e prefeitos presente ao evento e também ao deputado federal, Fábio Garcia, que por meio de emendas possibilitou parte dos equipamentos doados. “Nós já distribuímos mais de 500 resfriadores de leite, mais de 250 patrulhas para a agricultura familiar e agora esse projeto de feira com a distribuição destas barracas. É um projeto muito importante para o pequeno agricultor e que favorece toda sociedade”, ressaltou o governador.

Pró-Feiras

O programa contemplado, Pró-Feiras, tem como objetivo fomentar a comercialização de produtos da agricultura familiar. O objetivo da Seaf é ampliar para outros municípios a entrega de bancas personalizadas. "Março tem mais entrega para os pequenos agricultores, o governo não para. Hoje é um dia de alegria, são mais de R$15 milhões de equipamentos chegando lá na ponta para melhorar a vida do homem do campo. De uma vez por todas chegou a hora e a vez da agricultura familiar que continua as entregas mesmo no momento de crise”, destacou o secretário Suelme Fernandes.

Feirante há 30 anos, Antonio Divino da Costa, de 66 anos, lembrou que as barracas cobertas são muito úteis para este período chuvoso. O produtor rural de Chapada dos Guimarães vende alimentos como queijo, ovo, leite, requeijão, frango e porco caipira na feira livre do município, todos produzidos em sua propriedade. “Lá na feira uns tem barraca outros não tem, essa mesmo que eu tenho é muito fraca. No dia que dá um vento várias quebram. As barracas padronizadas vai melhorar o aspecto da nossa feira em Chapada. Temos que agradecer ao governo a oportunidade, porque é muito difícil. A estrutura das bancas é ótimas, estaremos bem mais preparados para expor os produtos e receber os compradores das mercadorias”.  

Irani Lemes, presidente da Associação dos Produtores e Feirantes de Chapada dos Guimarães  também está entre os 30 feirantes que receberão as bancas no município. “Estamos felizes porque a gente precisa padronizar. Essa feira já existe há mais de 30 anos e ficamos em um lugar aberto, com muita garoa e essa barraca vai ajudar muitas famílias. Muita gente não tem uma mesa para colocar os seus produtos e acabam colocando no chão, então esse kit com bancada será ótimo. Queremos agradecer o Suelme que há muito tempo vem ajudando Chapada. É muito gratificante poder oferecer uma coisa bem organizada e mais bonita”, comemorou a produtora, que vende em sua banca ‘Bolo com Chá’.  

A padronização das bancas, que tem objetivo de proporcionar um layout mais agradável ao cliente e melhor apresentação dos produtos a serem comercializado, agradou Jhennifer Junqueira, que trabalha há 12 anos na feira do Araés, vendendo “Quinquilharias”, que vão desde eletrônicos até cosméticos. A família da feirante foi agraciada com duas bancas, já que o marido, Marco Antônio, também trabalha na feira vendendo pastel. “Esse estilo de barraca padronizada é muito bom, são as que são usadas nas feiras modelos de São Paulo. Estou muito feliz, só tenho a agradecer. Eu e meu marido, que trabalha na feira há 26 anos vendendo pastel”.

Na solenidade, foi assinado um termo de Cooperação entre Seaf e Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) para a instalação de um escritório  na Central de Comercialização de Várzea Grande. Um agrônomo da Empaer irá prestar assistência técnica aos feirantes locais.Também foi entregue para a Central uma balança digital de altíssima precisão com impressora.

Municípios contemplados

Os municípios que receberam os equipamentos foram Juína, Juruena, Rondolândia, Aripuanã, Castanheira, Colniza, Cotriguaçu, Poxoréo, Rosário Oeste, Poconé, Chapada dos Guimarães, Acorizal, Várzea Grande, Cuiabá, Nossa Senhora do Livramento, Santo Antonio do Leverger, Pontal do Araguaia, Jaciara, Dom Aquino, Toxoréu, General Carneiro, Arenápolis, Carlinda.