Pular para o conteúdo
Voltar

Campanha auxilia produtores na aplicação de produtos químicos e agroecológicos na lavoura

Rosana Persona (Empaer) | JURUENA

Técnicos visitam propriedades rurais em Juruena - Foto por: Escritório Local de Juruena
Técnicos visitam propriedades rurais em Juruena
A | A

A Empresa Mato-grossense de Pesquisa Assistência e Extensão Rural (Empaer) e a Prefeitura Municipal de Juruena (880 km a Noroeste de Cuiabá) realizaram uma campanha para conscientização sobre o uso indiscriminado de defensivos químicos e incentivo ao uso de defensivos agrobiológicos no combate a pragas e doenças. As ações foram realizadas no assentamento Vale do Amanhecer, por meio de visitas nas propriedades rurais, palestras e demonstração de métodos para produção de defensivos.

O técnico agropecuário da Empaer, Weslley Thiago Pereira de Jesus, fala que foi verificado que muitas famílias estão utilizando agrotóxicos de maneira incorreta e irresponsável, como uso em quantidades exageradas, que não são indicados para a cultura ou criação e, ainda pior, sem preocupação com a saúde e o meio ambiente. Foi informado aos produtores sobre a tríplice lavagem das embalagens, horário correto de aplicação, importância dos EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) e outros.

De acordo com Weslley, o objetivo da campanha foi conscientizar as famílias sobre os prejuízos que o uso indiscriminado dos agrotóxicos pode causar e incentivar a utilização de defensivos agrobiológicos ou alternativos, como por exemplo, a Calda Bordalesa que ajuda no combate a algumas pragas e doenças, principalmente em frutíferas. Durante a palestra os produtores receberam cartilhas com orientações sobre o uso de defensivos alternativos com receitas de preparo.

Entre os principais resultados esperados está a utilização consciente dos defensivos químicos e apenas quando necessária a aplicação. Já a aplicação do defensivo agrobiológico pode promover a produção de alimentos limpos e saudáveis, além de agregar valor e preço ao produto final, gerando mais renda para o agricultor. “O defensivo alternativo garante a preservação e valorização dos recursos naturais, tornando as atividades agrícolas sustentáveis com a finalidade de garantir a saúde do produtor e do consumidor”, enfatiza.

Os produtores aprenderam sobre o manejo correto de defensivos agrícolas em sua lavoura. A campanha teve a participação do engenheiro florestal da Empaer, Felipe Citadella Marques e estagiários da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente. Durante 12 dias (15 a 26.01), os técnicos visitaram 12 propriedades rurais.