Pular para o conteúdo
Voltar

Mulheres rurais de Colíder participam de palestra sobre enxertia em rosas do deserto

Rosana Persona | Empaer MT

Agricultora Familiar - Foto por: Maria Anffe
Agricultora Familiar
A | A

Por solicitação das mulheres rurais da Comunidade Trevo do Ouro Verde, localizada no município de Colíder (650 km ao Norte de Cuiabá), foi realizada uma palestra e Demonstração de Métodos (DM) sobre enxertia em rosas do deserto (Adenium obesum). O engenheiro agrônomo da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Fábio Henrique Carrocini apresentou os principais métodos de enxertia em rosas ornamentais e também em frutíferas (citros, manga e abacate).


O evento contou com a participação de 28 pessoas e foi realizado na Escola Municipal Santa Maria do Ouro Verde, no dia 25 de agosto. Conforme Fábio, durante a demonstração foi colocado em prática dois métodos, a enxertia por pressão e garfagem em fenda cheia. “O método de multiplicação vegetativa consiste na junção das plantas que irão unir e desenvolver em uma única planta”, explica. 


A DM mostrou também a influência do porta-enxerto na copa, como por exemplo, vigor da planta, precocidade de produção, qualidade dos frutos e produtividade. Segundo Fábio, as produtoras pretendem produzir mudas para ornamentação e aprender a trabalhar com a rosa do deserto. “Também sugeri a fazer enxertia para produção de mudas de frutíferas”, conclui.