Pular para o conteúdo
Voltar

Conselho aprova diretrizes para o Plano Estadual da Agricultura Familiar

Henrique Pimenta | Seaf MT

Henrique Pimenta
A | A

A Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf), participou na última quarta-feira (08.06), no Plenário da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/MT, da 3ª reunião ordinária do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável – CEDRS/MT. Na reunião, com presença de 17 entidades distintas, foi aprovada por unanimidade a Matriz de Eixos Estratégicos, Diretrizes e Ações Prioritárias que comporão o Plano Estadual da Agricultura Familiar (Peaf).

O secretário de Estado de Agricultura Familiar de Mato Grosso, Suelme Fernandes, comentou que o Peaf será divulgado para toda a sociedade civil por meio de uma plataforma digital, que será de livre acesso para pesquisas e trabalhos técnicos de planejamento nas políticas públicas que atendam o pequeno produtor rural.

O plano para a agricultura familiar, é inédito no estado e é Coordenado pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável de Mato Grosso, vinculado à Seaf, e com apoio do Instituto Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), do Instituto Centro de Vida (ICV) e da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer).

Após a realização de oito encontros regionais pelo estado (Várzea Grande, Sorriso, Juína, Guarantã do Norte, Querência, Cáceres, Rondonópolis e Tangará da Serra) foram desenvolvidas, de forma integrada com a sociedade civil, por meio de discussões e reflexões construtivas, as diretrizes e ações prioritárias que irão compor o Peaf.

Para isso, foram levadas em consideração, as propostas com maior adesão construídas ao longo dos oitos encontros regionais e aprovadas em sua integralidade, sem alterações ou modificações na última quarta-feira (08), pelo Pleno do Conselho do CEDRS/MT.

Conforme a Secretária Executiva do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável, Indira Nasser, “ao fim dos encontros regionais, cada eixo prioritário atingiu a meta de 16 propostas cada, sendo ranqueadas das mais votadas para as menos votadas. Exemplo disso, foi o eixo de Governança e Controle Social, em que a proposta mais votada foi a de Criação e Implementação do Sistema Integrado da Agricultura Familiar de Mato Grosso, o qual irá contribuir com a efetividade da Política Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável da Agricultura Familiar (Lei Estadual nº 10.516/2017)”, explicou ela.

O Peaf-MT tem uma proposta de longo prazo até 2030 e será revisto anualmente pelo CEDRS/MT. A meta é atingir um universo de 210.301 pessoas que integram a Agricultura Familiar de Mato Grosso.