Pular para o conteúdo
Voltar

Encontro territorial discute economia solidária na baixada cuiabana

Henrique Pimenta | Seaf-MT

Evento da Economia Solidária - Foto por: Jana Pessôa/Setas-MT
Evento da Economia Solidária
A | A

O Governo de Mato Grosso, por meio das Secretarias de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf-MT) e de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), promoveu o primeiro encontro territorial para debater a economia solidária na baixada cuiabana. O evento ocorreu nesta quinta-feira (06.04), no Centro de Formação e Atualização de Professores (Cefapro), em Cuiabá, e contou com ampla participação da sociedade civil.

Palestras e apresentações sobre diagnósticos de empreendimentos solidários e proposições para elaborar o plano estadual de economia solidária nortearam o evento. Mais de 150 pessoas participaram, entre agricultores familiares, professores, assistentes sociais, associados, cooperados e estudantes.

“É uma ação intersetorial entre Seaf e Setas, que incentiva o empoderamento da mulher rural, o fortalecimento de associações produtivas e cooperativas de doceiras, artesanato, crochê, produção rural, entre outras formas de incrementar o orçamento das famílias”, comentou o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Suelme Fernandes.

Ainda na programação, o público discutiu os eixos temáticos, comercialização e produtos solidários, regularização fundiária, educação e assessoria técnica, agregação de valor e ambiente institucional. Após o debate, eles elencaram propostas para elaboração do plano estadual.

Segundo a assistente social do Governo de Mato Grosso, Cenira Evangelista, este convênio que visa o fortalecimento da política pública é um apoio importante que o Estado está dando para alavancar a comercialização de empreendimentos já existentes.

O secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social, Max Russi, participou do evento e comentou sobre a importância do debate. “Saímos do encontro com boas propostas para fazer com que a economia solidária avance em Mato Grosso. Teremos mais seis encontros em todo o estado, criando propostas para que possamos direcionar os incentivos na economia solidária e transformar a vida de muitos mato-grossenses”.

Serão realizados nos municípios de Cáceres, Tangará da Serra, Barra do Garças, Colíder, Juína e Vila Rica debates semelhantes para colher propostas e ouvir a sociedade civil sobre o futuro da política pública da economia solidária em Mato Grosso.

Durante o evento, ocorreu a venda de verduras e legumes da agricultura familiar da baixada cuiabana e dos produtos oriundos dos empreendimentos da economia solidária.