Pular para o conteúdo
Voltar

Fávaro participa de debate sobre produção sustentável

Durcy Arévalo | Seaf MT

Gcom
A | A

O vice-governador e secretário de Meio Ambiente de Mato Grosso, Carlos Fávaro, participará nesta segunda-feira da 8ª edição do Exame Fórum Sustentabilidade. O evento, realizado no hotel Tivoli Mofarrej em São Paulo, tem como tema central “Como garantir o crescimento do Brasil de maneira sustentável”. 

Fávaro fará uma apresentação sobre o desenvolvimento e preservação na fronteira agrícola e também integrará o fórum sobre agronegócio sustentável. Ele falará sobre a responsabilidade de Mato Grosso, que tem o maior rebanho bovino e é o maior produtor de soja, algodão e girassol do Brasil, mas ainda tem 41% da sua área preservada, de acordo com os dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). 

Outro dado apresentado pelo vice-governador é a redução de 19% no desmatamento em Mato Grosso. Fávaro ainda apresentará as ações do Estado para 2017, com o objetivo de combater o desmatamento ilegal. Entre as ações do Governo está a estratégia Produzir, Conservar e Incluir (PCI), com o objetivo de aumentar a eficiência da produção, aumentar o controle sobre o desmatamento e aumentar a renda bruta da agricultura familiar.

Também participarão do debate com Fávaro, o secretário extraordinário do programa Municípios Verdes do Pará, Justiniano Queiroz Neto, e os presidentes da Sociedade Rural Brasileira, Adalberto Veríssimo e Gustavo Junqueira.

Fórum

Dentre os principais temas que serão discutidos no Exame Fórum Sustentabilidade estão: os compromissos brasileiros com o Acordo de Paris; As perspectivas do agronegócio sustentável; O retrato atual do desmatamento na Amazônia; e o futuro econômico e sustentável da floresta.

O evento acompanha o lançamento do Guia Exame de Sustentabilidade, que destaca e premia as empresas com as melhores práticas relacionadas ao tema e que contribuem com o desenvolvimento sustentável do Brasil, abrangendo os âmbitos social, ambiental e econômico. Essa edição premiará empresas em 19 setores e as dez mais sustentáveis por categoria; dentre os vencedores de cada uma, será escolhida a empresa do ano.

O Fórum contará com sete painéis e será aberto pelo ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, que fará uma palestra, seguida de talk show, sobre os compromissos do governo brasileiro com o Acordo de Paris, tratado internacional de mudanças climáticas assinado em 2015.

COP 21

Durante a COP 21, Mato Grosso apresentou a proposta de zerar o desmatamento ilegal até 2020, com a Estratégia PCI. Em fevereiro de 2016, o Estado criou um comitê para acompanhar de perto o cumprimento das ações que compõem a estratégia apresentada na COP 21. O comitê da Estratégia PCI e envolve quatro estruturas do Estado: o Gabinete de Assuntos Estratégicos (GAE), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf).