Pular para o conteúdo
Voltar

Governo investe cerca de R$3 milhões na agricultura familiar do médio-norte

Investimentos chegam ao valor de R$ 3 milhões nos primeiros 18 meses da gestão
Henrique Pimenta | SEAF MT

Entrega da PC em Nova Marilândia - Foto por: Mayke Toscano
Entrega da PC em Nova Marilândia
A | A

A Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf) realizou durante o fim de semana ações para atender as demandas, orientar os pequenos produtores e apresentar os investimentos para os municípios do médio-norte mato-grossense.

De quinta-feira até domingo, as equipes percorreram Tangará da Serra, Arenápolis, Nova Marilândia e Barra do Bugres, participando de audiência pública, inauguração de feira livre, entrega de equipamentos agrícolas e também da “Caravana da Transformação”, em que o Governo do Estado ofertou serviços de cidadania e também orientações técnicas para os munícipes e agricultores familiares dos municípios presentes.

“Ao todo a Seaf vai destinar até o final de 2016 cerca de R$ 3 milhões para a região do médio-norte, com investimentos em laticínio, insumos, programa de revitalização da banana e cafeicultura, entrega de resfriadores de leite e patrulha mecanizada, obra de feira livre entre outros. Essa região é estratégica para fomentar a agricultura familiar do Estado e o apoio é determinação do governador Taques”, comentou o secretário de agricultura familiar, Suelme Fernandes.

Na quinta-feira (14.07), a equipe da Seaf compareceu a uma audiência pública no município de Tangará da Serra requerida pela Assembleia Legislativa com a presença de centenas de pequenos produtores. Já na sexta-feira (15.07), a equipe se deslocou para Arenápolis para seguir a comitiva do governador Taques, vistoriando a obra da feira municipal e depois entregou equipamentos agrícolas em Nova Marilândia.

Já no sábado (16.07) e domingo (17.07), a equipe técnica esteve em Barra do Bugres na “Caravana da Transformação” recebendo as demandas dos pequenos produtores da região e orientando sobre regularização fundiária e assistência técnica.

Segundo o superintende de desenvolvimento rural, Clóvis Fortes, a Seaf tem o dever social de participar de ações que envolvam a cidadania e inclusão social dos agricultores familiares de Mato Grosso. “Realizamos diversos atendimentos aos municípios do médio-norte durante esses dias, pois é o dever do Estado estar próximo do cidadão”.

Entrega de equipamentos agrícolas

No município de Nova Marilândia, o Governo de Mato Grosso investiu só em 2016 cerca de R$ 380 mil com a aquisição e entrega de uma pá-carregadeira, três resfriadores de leite, além de patrocínio para a ExpoMar.

Os equipamentos agrícolas foram licitados e adquiridos por meio da fonte 100 e de convênios federais firmados pela Seaf e Ministérios federais.

“A Seaf tem utilizado o recurso público de forma racional, fazendo licitações por pregão eletrônico com vantagem de abrir concorrência para o Brasil todo, buscando o menor preço. O processo é impessoal, pois a comissão de licitação não tem contato com as empresas”, explicou Vanessa Queirós, secretária adjunta de Administração Sistêmica da Seaf.

Com a iniciativa da Seaf de monitorar o uso indevido equipamentos, todos que são entregues possuem adesivagem personalizada de orientação para que a população fiscalize o uso do bem público, que tem emprego exclusivo para a agricultura familiar. Para denunciar o mau uso dos equipamentos ou utilização em propriedades particulares ou fins pessoais, o cidadão pode discar gratuitamente para o número 162, na Ouvidoria do Estado e fazer sua denúncia.