Pular para o conteúdo
Voltar

Seaf recupera caminhão-tanque para agricultura familiar

Henrique Pimenta | Seaf-MT

Henrique Pimenta/Seaf-MT
A | A

A Secretaria de Agicultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf-MT) resgatou na tarde desta quarta-feira um patrimônio público para a agricultura familiar mato-grossense, que estava subutilizado no município de Guiratinga.

É um caminhão Agrale F 14.000 Euro, com tanque isotérmico e capacidade de armazenamento de 9 mil litros, encontrado em um laticínio particular fiscalizado pelos servidores da Seaf. O caminhão-tanque é parte do convênio federal 759494/2011 da antiga Sedraf com o Ministério da Integração, cujo valor é de R$ 213 mil.

“É uma determinação do governador Pedro Taques que a Seaf fiscalize e recupere o patrimônio público que está em desuso e poderia estar auxiliando os pequenos produtores do Estado, por meio de cooperativas e associações. Iremos entregá-lo para um município que realmente tenha vocação produtiva do leite”, afirmou o secretário de Agricultura familiar de Mato Grosso, Suelme Fernandes.

O caminhão-tanque isotérmico tem a função de coletar o leite de forma higiênica, nas propriedades rurais, e transportar o produto para o resfriador mantendo-o na temperatura ideal.

“Missão 100% completada. O caminhão que foi entregue em 2014 hoje está repatriado. Em dois dias investigamos, localizamos, notificamos e apreendemos”, destacou o gerente de Transportes da Seaf, José Lemes, afirmando que a equipe da secretaria está contente por contribuir no trabalho de campo. 

Com iniciativa do Governo do Estado em monitorar o uso indevido dos veículos, o caminhão recuperado, assim como os demais equipamentos entregues pela Seaf, possuirá adesivagem personalizada de orientação para que a população fiscalize o uso do bem público, que tem emprego exclusivo para a agricultura familiar. Para denunciar o mau uso dos equipamentos ou utilização em propriedades particulares ou fins pessoais, o cidadão pode discar gratuitamente para o número 162, na Ouvidoria do Estado e fazer sua denúncia.

Após passar por alguns reparos, o caminhão-tanque deverá ser destinado para alguma cooperativa de Mato Grosso que tenha produtividade e qualidade láctea para receber o tanque de 9 mil litros.