Pular para o conteúdo
Voltar

Produtores do Norte do Estado recebem 11 resfriadores de leite e maquinários

Por Nara Assis - GCOM

Mato Grosso é o oitavo produtor nacional de leite, responsável por 3% da produção total. Segundo dados do Instituo Mato-grossense de Pesquisa Agropecuária, cerca de 80% do leite do Estado é produzido pela agricultura familiar. Para fortalecer ainda mais os pequenos produtores e conquistar a liderança no mercado, o Governo de Mato Grosso entregou 11 resfriadores de leite, com capacidade de mil litros cada, para municípios da Região Norte. Também foram fornecidos um trator, uma patrulha mecanizada, uma plantadeira, uma grade aradora e uma ensiladeira e colhedeira de forragens. Os equipamentos são destinados para oito municípios da região: Tabaporã, Feliz Natal, Santa Carmem, Nova Mutum, Cláudia, Sorriso, Vera e Sinop.

A iniciativa faz parte do Pró-Leite, programa de desenvolvimento da cadeira produtiva do leite. Desde 1990, o morador de Santa Carmem, Irineu Fath, se dedica à produção leiteira. Ele ressalta os avanços já obtidos por meio do programa de Governo, principalmente por proporcionar a entrega do produto aos laticínios.

SONORA 1 – Irineu Fath

O secretário de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários, Suelme Fernandes, destaca que o Governo vai buscar, cada vez mais, a modernização da produção do leite, com melhores condições de trabalho para os agricultores familiares.

SONORA 2 – Suelme Fernandes

O secretário afirma que vão ser entregues mais 50 patrulhas mecanizadas e 200 resfriadores de leite ainda este ano para outras regiões de Mato Grosso.

SONORA 3 – Suelme Fernandes

O Pró-Leite prevê investimentos de mais de R$ 2 milhões em tecnologia para fortalecer a agricultura familiar. Os municípios recebem os equipamentos de acordo com a demanda local e potencialidade da produção leiteira. Em contrapartida, as prefeituras são responsáveis pela construção de base física para melhorar o funcionamento dos resfriadores.