Pular para o conteúdo
Voltar

Produtores recebem orientações para elaborar projetos técnicos

Capacitação realizada pela Sedec e parceiros visa fomentar práticas de produção sustentável
Maíza Prioli - Sedec MT | Cuiabá MT

Capacitção - Foto por: SEAF MT
Capacitção
A | A

Criado em 2010 com o objetivo de incentivar a adoção de ações na agropecuária que contribuam para reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE), o Plano ABC (Agricultura de Baixo Carbono) disponibiliza linhas de crédito específicas para o produtor rural investir em práticas de produção mais sustentáveis. Porém um dos maiores entraves do produtor para conseguir os recursos é a elaboração do projeto técnico.

Visando orientar os produtores, técnicos e projetistas, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e parceiros realizam, de janeiro a abril, um ciclo de capacitação técnica do Plano ABC. A primeira rodada ocorreu na semana passada na região Sul do estado e finalizou com capacitação em Rondonópolis, nos dias 26 e 27 de janeiro. Mais de 80 profissionais participaram do curso.

De acordo com a fiscal federal de agropecuária da Divisão de Política, Produção e Desenvolvimento Agropecuária da Superintendência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em Mato Grosso, Tatiana Dias de Brito, a elaboração do projeto em acordo com o Plano ABC precisa apresentar respostas para algumas perguntas. “O projeto deve ser claro, objetivo e técnico, respondendo a algumas questões, como por exemplo: o que será implantado, melhorado, implementado na propriedade? Qual o nível tecnológico a ser utilizado? Quais ações a serem adotadas? Como serão executadas e quais os resultados esperados?”.

Ainda de acordo com Tatiana, a linha de crédito específica para a implantação do Plano ABC traz alguns benefícios exclusivos para o contratante, como taxas de juros bastante atrativas, que variam de 7,5% para produtores aderidos ao Programa de Apoio ao Médio Produtor (Pronamp) a 8% para os demais produtores, prazo de carência de três anos e até 15 anos para pagamento do financiamento, dependendo da atividade.

São sete programas incluídos, que compreendem as tecnologias: Recuperação de Pastagens Degradadas, Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) e Sistemas Agroflorestais (SAFs), Sistema Plantio Direto (SPD), Fixação Biológica do Nitrogênio (FBN), Florestas Plantadas, Tratamento de Dejetos Animais e Adaptação às Mudanças Climáticas.

Os recursos podem ser utilizados para diversos investimentos, como aquisição de insumos, sementes e mudas para formação de pastagens e de florestas; aquisição de bovinos, ovinos e caprinos, para reprodução, recria e terminação, e sêmen dessas espécies; serviços de agricultura de precisão, desde o planejamento inicial da amostragem de solo à geração dos mapas de aplicação de fertilizantes e corretivos; entre outros.

 

Capacitação

 

A próxima rodada do ciclo será realizada a partir de 11 de fevereiro, na região Leste de Mato Grosso, passando por: Barra do Garças, Água Boa, Confresa (workshop) e Nova Xavantina (capacitação). As inscrições começam em breve.

A Sedec conta com a parceria da Secretaria de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf), Famato, Senar, Acrimat, Acrismat, Aprosoja, Banco do Brasil, Arefloresta, Superintendência Federal de Agricultura (SFA-MT/Mapa) e da Embrapa Agrossilvipastoril.

“Os workshops funcionam como um chamamento para que os produtores rurais, projetistas e técnicos fiquem instigados sobre como funciona o Plano ABC. Já as capacitações têm como público-alvo projetistas e técnicos. Nelas eles são orientados sobre como funcionam as tecnologias, todo o passo a passo para acessar os recursos e como montar o projeto”, destaca o secretário adjunto de Agricultura da Sedec, Alexandre Possebon.

O superintendente de Desenvolvimento Rural da Seaf, Clovis Fortes, acrescenta que as capacitações são o ponto inicial e crucial para atingir o objetivo do Plano ABC. “Nossa expectativa é que Mato Grosso saia do anonimato na utilização dessas tecnologias para ser o maior protagonista em nível Brasil e até mesmo mundial”.

 

PROGRAMAÇÃO

 

Região Leste:

 

Workshop:

     - Barra do Garças: 11/02 às 19h30 – local a definir

     - Água Boa: 12/02 às 8h – Sindicato Rural

     - Confresa: 12/02 às 19h30 – Sindicato Rural

 

Capacitação:

  - Nova Xavantina: 16 e 17/02 - Período Integral – Sindicato Rural