Pular para o conteúdo
Voltar

Vereadores discutem melhorias para Gleba Mercedes em Sinop

Entre as ações, o atendimento de 200 famílias com o projeto de irrigação da Gleba Mercedes.
Naiara Martins | Seaf-MT

O projeto faz parte de um pacote de medidas que visam o fortalecimento da agricultura familiar no município. - Foto por: Lucas Diego-Seaf/MT
O projeto faz parte de um pacote de medidas que visam o fortalecimento da agricultura familiar no município.
A | A

O secretário de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), Silvano Amaral recebeu nesta quarta-feira, 29, em Cuiabá, o presidente da Câmara de Sinop Remídio Kuntz e o vereador Lindomar Guida. Os líderes discutiram, entre outros assuntos, o andamento do projeto para irrigação da Gleba Mercedes, localizada a 80 km de Sinop. O projeto faz parte de um pacote de medidas que visam o fortalecimento da agricultura familiar no município. A meta inicial é beneficiar 200 famílias com a irrigação de áreas para fruticultura. 

Segundo Silvano, o projeto deve ganhar celeridade assim que concluída a execução do licenciamento ambiental. “Tivemos que cumprir uma longa jornada e superar algumas dificuldades para o avanço do projeto, inclusive no tocante ao aporte de recursos. Temos uma dívida com os produtores da Gleba Mercedes, e estamos otimistas com o novo folego que será dado ao projeto após a licença ambiental”, refletiu o secretário. Silvano foi o principal responsável pelas articulações que resultaram na destinação de recursos para execução da obra. 

Já foram investidos R$ 3 milhões para a elaboração do projeto, que consta do estudo de diagnóstico da área, a viabilidade técnico-econômica, e o estudo de impacto ambiental, assim como a obtenção da outorga para captação de água do rio Teles Pires e o Certificado de Avaliação de Sustentabilidade da Obra Hídrica (CERTOH). A execução efetiva das obras está avaliada em R$ 80 milhões. Os recursos são oriundos da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco).      

No encontro, os vereadores também reforçaram a necessidade de patrulhas agrícolas para a mecanização do plantio na gleba. Em abril, Mato Grosso assinou R$ 5,2 milhões em convênios com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), para a compra de patrulhas e equipamentos. O Estado ainda avalia a possibilidade de investir outros R$ 5 milhões, ampliando a capacidade do programa e o número de produtores atendidos. Os critérios para distribuição dos equipamentos ainda serão definidos.  

A GLEBA - Criada em 1997 com uma área de aproximadamente 38 mil hectares, o Projeto de Assentamento Weslei Manoel dos Santos, conhecido como ‘Gleba Mercedes’, é fonte de sustento para cerca de 500 famílias que sobrevivem economicamente da agricultura familiar. Na área são trabalhadas culturas como a produção de mandioca, milho, pecuária leiteira, criação de galinhas, caprinos, frutas e hortaliças, produzidos para consumo próprio e comercialização em Sinop.